Revista Wireshoes

Reflexões Queer sobre o cotidiano

Queers: 9 candidatos foram eleitos em 2012

Dentre 155 candidaturas de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) no país, apenas nove obtiveram votos suficientes para ocupar um cargo nos legislativos municipais em 2012. As Câmaras de Vereadores que receberão 4 gays, 3 transexuais e 2 lésbicasestão em Salvador, Nova Venécia (ES), Cajazeiras e Pilar (PB), Niterói (RJ), Cruz Alta (RS), Florianópolis, Bauru e Piracicaba (SP).

Estes números representam um avanço em relação à eleição de 2008, quando das 81 candidaturas LGBT, três travestis/transexuais e três gays foram eleitos a vereadores em Paço do Lumiar (MA), Tijucas (SC), Salvador (ES), Nova Venécia (ES), Alfenas e Patos de Minas (MG). O vereador Moa, de Nova Venécia, foi reeleito.

De 65 políticos aliados, aqueles que assinam compromisso com a Associação Brasileira de LGBT, 13 foram eleitos e 3 continuam no segundo turno, sendo um deles o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), e os demais vereadores. No segundo turno estão Gustavo Fruet (PDT) em Curitiba, Rodrigo Neves (PT) em Niterói e Fernando Haddad (PT) em São Paulo.

Na capital paulistana, as candidaturas somaram 15.714 votos. Só o PSOL paulistano lançou seis candidaturas LGBT, com a maior votação para a drag queen Silvetty Montilla (4.762 votos).

Balanço

Em 1996, um grupo de 8 ativistas gays resolveram dar visibilidade às demandas da população de LGBT junto ao Legislativo, e se candidataram nas eleições municipais daquele ano. Dezesseis anos mais tarde, em 2012, houve 155 candidaturas LGBT, representando um aumento de 1.937,5%.

Houve uma candidatura (gay) ao cargo de prefeito de João Pessoa e 154 candidaturas a vereador(a) em 24 dos 26 estados (não há eleições no Distrito Federal), faltando apenas os estados do Acre e do Mato Grosso. Foram 85 candidaturas de gays, 25 lésbicas, 24 transexuais, 16 travestis, 4 bissexuais e uma drag queen.

Os estados com mais candidaturas LGBT incluem a Bahia com 34, seguida de São Paulo com 27, Minas Gerais com 18 e Rio Grande do Sul com 12.

As candidaturas também são diversificadas em termos dos partidos políticos. São 24 partidos ao total, desde o PSC e os Democratas até o PSTU.  Os partidos com mais candidaturas LGBT são o PT (27), o PSOL (19), o PSB (15), o PCdoB (13), o PV (9), o PSDB (6) e o Democratas (3).

Iniciativas da ABGLT

Além das candidaturas assumidamente LGBT, também há as candidaturas aliadas da causa LGBT. Já são 43 candidatos/as que assinaram o Termo de Compromisso da campanha “Voto contra a homofobia, defendo a cidadania”.

Informações adicionais identificando as candidaturas, cargos pretendidos, município, estado, partido e contatos estão disponíveis em www.abglt.org.br, no menu direito, em Eleições 2012.

Nessas eleições, por iniciativa do Grupo Dignidade (Curitiba-PR) e com apoio com a ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) e Grupo Libertos Comunicação (Belo Horizonte-MG), foi fundada a União Nacional Pluripartidária LBGT, cujos objetivos incluem a colocação da pauta da diversidade sexual dentro dos partidos políticos e a eleição de candidaturas LGBT assumidas.

Toni Reis, presidente da ABGLT salienta que “embora tenhamos feito essa lista de candidaturas LGBT e aliadas à causa LGBT com o objetivo de orientar o eleitorado LGBT, é importante que as pessoas procurem conhecer a história de luta e as propostas dos/das candidatos/as antes de votar neles. Não basta ser uma candidatura LGBT. A recomendação também é que não sejam candidaturas corporativistas voltadas apenas para a população LGBT, mas que ampliem para outras populações, assim como abranjam os temas sociais, como a saúde, educação e segurança pública,” acrescenta.

Confira abaixo a lista de candidaturas LGBT que começam a atuar em 1o. de janeiro nos legislativos municipais (UF, cidade, nome, legenda, LGBT e votação):

BA Salvador Dra. Fabíola Mansur PSB L 6524
ES Nova Venécia Moa PR Trans 765
PB Cajazeiras

Jucinério Félix

PTB G 889
PB Pilar Shirley Costa PP Trans 273
RJ Niterói Verônica Lima PT L 3030
RS Cruz Alta Everlei Martins PSB G 778
SC Florianópoli

Tiago Silva

PDT G 6860
SP Bauru Markinho da Diversidade PMDB G 2838
SP Piracicaba Madalena PSDB Trans 3035

Fonte: SpressoSP por Cezar Xavier – 09.10.2012

Anúncios

Fórum aberto aos debates :-)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em outubro 10, 2012 por em Gente Queer.

Outros Posts

%d blogueiros gostam disto: